Quem já leu

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Como Uma Pedra

Bom Dia Gente!



Segundo post do blog, o que eu vou dizer, animação de iniciante =], dia nostalgico hoje,  a saudade ta batendo, é meio dificil fica sem a familia  por perto (familia me abandonou, ta todo mundo na praia), bom ai á baixo um texto que eu fiz a um tempo atrás em um dia solitário como este, sim a solidão e a tristeza despertam o melhor de mim ...









Uma Pedra



Esta pedra ao seu lado,
Será uma rocha fria, neste rio de ilusões,
Inexplicável, incompreensível,
Indecifravel, misteriosa, sonhadora....



Será alegre quando o momento proporcionar
Estará triste durante a maior parte do dia
Sentirá calor, morrerá de frio
Vai sofrer por qualquer granizo



Irá mudar de roupa,
De ser, de consistência
Pode mudar de estados fisicos
Será liquida, gasosa mas
Nunca deixará de ser sólida



Ela pode ser uma flor é só querer
Pode ser bruxa ou princesa,
Tudo ao mesmo tempo
Ela decifra olhares, sabe o que quer
é desapegada
Nenhum limo estragará seu caminho



Esta já foi uma pedrinha, agora é uma rocha
E um dia quer ser uma montanha
Ela seguirá até achar o seu topo









Mayara Kowalczuk

4 comentários:

  1. Amei.Profundo, da alma!
    Bjs.
    Jossara Bes

    ResponderExcluir
  2. Maya, tu é uma artista, guria...belíssimo poema...amei...beijos

    ResponderExcluir
  3. Maya:
    Parabéns, vejo em seus versos um talento indiscutível e bem originais.
    Abraços do wandisley

    ResponderExcluir